Terapia por hipnose

Quem Foi Og Mandino

Quem Foi Og Mandino

Quem Foi Og Mandino


O escritor americano Og Mandino (Augustine Mandino) (12 de dezembro de 1923 — 3 de setembro de 1996) foi um guru do setor de vendas. Presidiu a revista Success Unlimited até 1976, quando, aos 52 anos, chocou o setor ao renunciar à presidência para dedicar-se em tempo integral a escrever e dar palestras.

Ex-alcoólatra e vendedor de seguros, que quase chegou ao suicídio, tornou-se milionário ao publicar O Maior Vendedor do Mundo. Seu trabalho foi influenciado pelos escritores Napoleon Hill, W. Clement Stone e Emmet Fox. Foi um dos autores mais inspiradores e bem sucedidos no segmento denominado autoajuda, principalmente com livros voltados para vendas. Seus livros venderam mais de 50 milhões de cópias e foram traduzidos em vinte e cinco idiomas. Og Mandino integra o “National Speakers Association Hall Of Fame”.

Trecho do Livro “O Maior Vendedor do Mundo”

Persistirei até vencer.
No Oriente, os touros jovens são testados para o combate na
arena de um modo apropriado. São levados um a um para a arena, e
permite-se que ataquem o picador que os provoca com uma lança. A
bravura de cada touro é então avaliada com cuidado segundo o número
de vezes que demonstra persistência para investir apesar da ferroada da
lâmina, De hoje em diante reconhecerei que cada dia sou testado pela
vida do mesmo modo. Se persisto, se continuo a tentar, se continuo a
investir, serei bem-sucedido.
Persistirei até vencer.
Eu não cheguei a este mundo numa situação de derrota, nem o
fracasso corre em minhas veias. Não sou ovelha à espera de que meu
pastor me aguilhoe e acaricie, mas um leão, e me recuso a falar, andar e
dormir com o rebanho. Não ouvirei aqueles que se intimidam e se
queixam, pois tal doença é contagiosa. Eles que se unam ao rebanho.
O matadouro do fracasso não é o meu destino.
Persistirei até vencer.
Os prêmios da vida estão no fim de cada jornada, não próximos
do começo; não me é dado saber quantos passos são necessários a fim
de alcançar o objetivo. O fracasso pode ainda se encontrar no milésimo
passo, mas o sucesso se esconde atrás da próxima curva da estrada.
Jamais saberei a que distância está, a não ser que dobre a curva.
Sempre darei um passo avante. Se este não resultar em nada,
darei outro e mais outro. Em verdade, dar um passo de cada vez não é
difícil.
Persistirei até vencer.
De hoje em diante, considerarei o esforço de cada dia como um
golpe do meu machado no poderoso carvalho. O primeiro golpe pode
não causar tremor na madeira, nem o segundo, nem o terceiro. Cada
golpe pode parecer insignificante e sem nenhuma consequência.
Contudo, a custo de tais golpes, o carvalho finalmente tombará. Assim
também será com os meus esforços de hoje.


Artigo Taggeado com