Mensagem ou Propaganda Subliminar

Mensagem ou Propaganda Subliminar

Mensagem ou Propaganda Subliminar


Dá-se o nome de mensagem ou propaganda subliminar a toda mensagem que é transmitida em um baixo nível de percepção, tanto auditiva quanto visual. Por definição, subliminares são as mensagens que nos são enviadas ocultas, abaixo dos limites da nossa percepção consciente, e que vão influenciar nossas escolhas, atitudes, motivar a tomada de decisões posteriores.

A primeira experiência do gênero foi realizada em 1956, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, pelo publicitário Jim Vicary. Durante a projeção de um filme, ele inseriu a frase “Beba Coca-Cola” numa velocidade tão rápida – aparecendo com apenas 0,003 segundo de duração – que ela passava desapercebida. O olho humano só capta imagens que duram no mínimo 0,02 segundo, mas, de acordo com Vicary, as mensagens ficavam gravadas na mente das pessoas – tanto que, no intervalo do filme, as vendas do refrigerante aumentaram 60%. Ele repetiu a experiência com a mensagem “coma pipoca” e obteve o mesmo resultado. Entretanto em 1962, James Vicary concedeu uma entrevista à revista Advertising Age – a mesma onde foram publicados os resultados de sua experiência – em que ele admitiu que se sentiu obrigado a forjar parte dos resultados da sua pesquisa. Vicary afirmou na época que sofreu muita pressão dos investidores para apresentar resultados, e por causa disso, acabou apresentando resultados de experiências que não tinha feito de fato.

Muitos cientistas tentaram repetir a experiência de Vicary nos anos seguintes, sem sucesso. Mesmo com numerosos trabalhos feitos até hoje, a maioria possui falhas de metodologia que não permitem nenhuma afirmação conclusiva. No entanto, o efeito psicológico causado pela imensa repercussão da experiência foi suficiente para o surgimento de diversas teorias conspiratórias, mantendo a fama da força das mensagens subliminares até os dias de hoje.

Propaganda subliminar é crime em países como Estados Unidos e França, mas aqui no Brasil não existe uma legislação específica sobre isso, embora o Código de Defesa do Consumidor deixe claro que o consumidor tem o direito de saber quando está diante de uma mensagem publicitária.

E você, qual é a sua opinião? Retornaremos a este assunto em breve.

Artigo Taggeado com

Comentários estão encerrados.

Entenda o que é a Teoria da Relatividade de Albert Einstein